Bike em Terra

Bike em Terra
Topo do Marão 1420 metros (mais ou menos *)

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Vem com a malta, são só 20 Km!!!, tinha sido

Pois, nem na quadra natalicia podemos levar os convites dos amigos á letra!
O desafio não foi anda ver os aviões mas podia ter sido, tinha sido ludibriado na mesma!!
Tu não andas desde o inicio do ano, vem que são só 20 Km, é um passeio calmo de natal!!!
Andei por sitios que não conhecia, comi um pãozinho com manteiga maravilha, e voltamos a discutir algumas questões altamente filosoficas, enfim ao nosso melhor nivel.
4h 43min e 73,82 km voltei a descobrir cada musculo e articulação!!!!
Mas o gozo foi imenso, o reencontro com a malta foi fantástico! estão todos de parabéns!!!
E titrando o Morcão que esse sempre foi de outro planeta, os outros tem treinado, agora estão quase ao nivel a que eu estava antes de partir!!!!!!! eheheheheh (esta foi para vos pagar a tareia que agora me deram).
O Chefe tinha o diabo no corpo, o Obol agora está imparável, o JT em forma e o Morcão sempre a dar-lhe!
Na próxima há mais, vamos ver se entretanto fico em forma e depois voltámos a pedalar!
Amigos, a todos um grande abraço e votos de um 2014 excelente para todos.


 

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Boas Festas dos Enterras ( Parte II )

Vou escrever uma carta ao Pai natal,
Com estes trabalhadores não vai faltar prendas as crianças.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

As boas festas dos Enterras

Aqui vai as nossas boas festas,
espero que gostem, isto é só  arzinho  do que todos nós podemos fazer!




sábado, 30 de novembro de 2013

Jantar de natal dos Enterras

Meus caros enterras, associados e simpatizantes,
estão convidados, para o jantar de natal a realizar no dia (13 sexta-feira) ou (14 sábado) ou (20 sexta-feira) ou (21 sábado) Dezembro, no MISTER COUTO por volta das 20.30 min. em Matosinhos ou noutro lado qualquer desde que se coma bem e beber melhor.
Eu já dei a minha opinião, agora falta a vossa opinião e confirmação.
Murcao agasalha...

Vamos contratar

Caros amigos,

Aqui "Nos Africa" onde me encontro vejo com alguma preocupação que os meus amigos parecem um pouco relaxados!!! Quiça desmotivados, nesse sentido junto um link com o video de apresentação de um elemento cuja a transferência, em minha opinião seria de tentar. Uma mais valia sem duvida para o grupo!
O amigo Obol poderia tratar das questões legais, O Gary das questões contabilisticas e monetárias, eu quando chegar nas férias de natal poderei fazer a entrevista!!!!! o Tu do abastecimento da cerveja e claro o Morção das afinações do equipamento!!!! O Chefe deverá ser poupando para evitar lesões que tanto o apoquentam. O MC ddeverá continuar a treinar no ginasio para ganhar a rotação necessária, por que se bem me lembro ele aguentar aguenta chegava era um bocadinho mais tarde o que neste caso pode ser uma grande vantagem!!!!
Se estiverem de acordo avisem que para eu ir preparando algumas questões práticas e testes psicotécnicos!!!
Ab, o dia 18 está a chegar!!!



sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Reunião Enterra

Avisam-se os interessados que o passeio Enterra que será amanhã realizado (sábado, 32232.º dia da Era da Nova Crise) sairá às 09:15 GMT, com tolerância, de Ass Candels em direcção a lado nenhum.

sábado, 16 de novembro de 2013

Navegação assistida ou Prelúdio do São Gonçalo

No dia em que nasceu um novo partido político, que se espera tenha mais sucesso que os (poucos) que já existem nos seus objectivos, a malta Enterra e parte dos auto-denominados 'Animais marsupiais que dão grandes saltos' foi testar navegar como os nossos ancestrais: pelos instrumentos e orientações dos astros. Uma nota para o reencontro com dois amigos das pedaladas pelo Marão e para a sorte com os dorsais...

O dia estava impecável e só faltou um elemento mas que justificou com motivos familiares a ausência e assim perdeu só o subsídio de alimentação. Por falar em comida acho (ismo) que o verdadeiro motivo de tanta (des)orientação foi mesmo este: comer rojões, beber vinho, comer rojões e, eventualmente, jesuítas. E sopas de nabos, claro!

De volta ao passeio, e continuando com alguma adivinhação, saímos do local de partida em direção a Norte, passando ao pé da Santa Eufémia, do rio Ave e São Gens. A esta altura o Morcão já estava a ganhar ao GF em malhos 2-1, e ainda não tinha enfrascado nada... O Gil estava bem representado e o Orlandini desta vez manteve-se na vertical e até me ajudou a erguer. Pareceu-me mais calmo e o MC também, o que não deixa de ser estranho.

Os instrumentos de navegação estiveram sempre mais ou menos bem, mas acho (ismo) que nos guiámos mais pelos rastos dos que nos precediam do que nas tecnologias, se calhar como os antigos navegadores, mas com mais 'vamos para trás!', 'acho que não é por aí...'. 

No conjunto, mais um passeio memorável! Tirando a vedação do acesso ao aeródromo por causa das corridas... de carros... Tudo correu na perfeição. 

PS: Leiam a página 17 deste estudo: http://www.rd.com/slideshows/most-honest-cities-lost-wallet-test/
PPS: O Eléctrico também faltou, sem justificar...

domingo, 27 de outubro de 2013

NGPS



Aqui está uma boa oportunidade para, perto de casa, os enterras navegarem por gps, auxiliados pelo indispensável musgo.
Espero que os enterras se apresentem na máxima força








quinta-feira, 10 de outubro de 2013

A nascente de uma cerveja

Eu, TuOSix, venho por este meio e a pedido expresso dele, o Chefe, convidar-vos para um passeio à Nascente do Rio Leça.

Segundo ele, o Chefe, já estão confirmados, mais ou menos, Ele, o Chefe, o Gil, o Chefe dele, do Gil, o Calmo-Ex-Ministro (na parte atrás mencionada como : mais ou menos), o Indeciso (ainda como tal e a confirmar) e eu (não pude escolher).
O encontro está marcado entre as 9:00 e as 9:15 em S. Vicente da Queimadela.

Como é ?

Os seguintes 20 minutos valem a pena ver. Amarante, por si só, é um singletrack para atarraxar.

 

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

OPERAÇÃO MANTEIGAS-TORRE


Caros Enterras, aproveitando o bom tempo previsto para sábado, aqui fica o convite para umas pedaladas até à torre, desfrutando da paisagem do vale glaciar do Zêzere.








Por favor confirmem no blog,  para depois  se organizar o tranporte até Gouveia



 

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

5 Cumes 2013. O Ano do SICT.

A temporada começou. Comecei o dia a fazer cerveja ! Fazia um ano que tinha começado e como calhou beeeeeeeeeeemmmm, fiz esta. Comecei de manhã e acabei à noite mas o dia foi tranquilo. Tinha que descansar para no dia a seguir ir ós cumes com o MC.

Os Cumes

Chegamos cedo mas já muita gente havia chegado. Estava mesmo muita gente e talvez por isso, a presença dela fez-se notar de forma INEQUIVOCA !
Anunciada como um sistema inovador de (reparem na subtileza) controlo de tempos. pff.
Se o Murcão fosse, das duas uma. Não levava a bicicleta.
Desta vez não havia escapatória.
Nós tentamos de tudo para a ludibriar até isto :

Bombas de fumo / pó


Mas viemos a descobrir que ela nos perseguia por radio-frequencia através de autocolante altamente dissimulado no dorsal.

Desta vez, não havia km 0. Era tudo ao molhe, devido ao sistema inovador de controlo de tempos, a falsa sensação de liberdade...
Com isto descobri que demoramos 6 minutos a passar a meta e que segundo o speeker, já tinha passado gente de Curral de Moinas. Dá que pensar.

Reparem na qualidade do controlo :

E tem imagens também... Dasse !


Desta vez fomos para baixo, pelo percurso do do ano do "e tudo o vento levou" e foi como se nunca por lá tivesse ido.
Quando penso numa meia, imagino 40 km. Ia avisado que eram 50 e tal e acabamos com 60 e pouco, com muito esforço e suor, pois o calor apertou muito. 
Diz que "Na partida os participantes da Taça se perderam pois iam malucos atrás de uma moto da organização sem tomar conta das marcações ! Quando deram fé, tiveram que voltar para trás para apanhar os outros, que já iam muito à frente."
Nesse instante, eu e o MC estariamos a uns 5 minutos da meta. 

As bolas de berlim confirmam-se : boas.
Foi um belo passeio de Domingo onde contei 8 quedas, nenhuma grave, até ver.




Niebla

Novo método de pagamentos de prémios a ciclistas*
 

Niebla, muita niebla
 
*A crise...

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Granizada (Encriptado)

.ogitra etse rel riugesnoc oãn ASN a arap etneicifus ajes oãçatpircne a euq orepse ,msirP oraC :SP
…sairótsih oãs otser O



!remert ed avasicerp men ue e sahlaot sad somavásicerp men euq )omsihca( ohca setna sortem 001 essof eS !avatse ál ele E …receuqa son arap sahlaot e serodeceuqa snu essevit euq e otreba evitse euq ahnatnom ed ogirba mu ós arutla aleuqaN ?uofas son euq O !!!LMD euq arutarepmet ed adicsed amu moc e odacip oleg ed megassam amu moc somavel adan a íaD …sodivuo ed serod moc sortuo so e açebac ed satnoc rezaf a e lac a omoc ocnarb mu sôp ,sonem uo aicnâtsid ed sortem 005 a euq airid ,sodivuo sosson soa otnuj e atierid asson ad odniv oruotse mU …argen otium omsem airid ,argen racif a uoçemoc asioc a odnauq ragehc arap ocuop otium avatlaF

 !oãzar ahnit ele ossin ,somof E …sagnip samu rahnapa somaí rahlac es e sortemóliuq 31 mavatser adnia euqrop sajevrec samud somavásicerp euq mébmat essiD .osserger ed savitanretla sa e avatser euq ohnimac od uomrofni son euq satelcicib sad sedil sà odautibah memoh mu rop sodibecer somof siod otnemapmaca oN

 .somof ál ,ebos ecsed euq o odut omoc sam ,sópa o iof ueod euq o ,etnatsni mu iof )stm 0501( lagutroP ed atla siam aiedla à íad e oãp od uesum oa otnuj odec meb orez otnemapmaca oa otnuj somássaP .aieS arap ribus a raçemoc ed setna sacincét snegarap ortauq uo sêrt someziF .ohnimac o rirbocsed arap sates uo apam osicerp iof men e mébmat arutarepmet a socitsóngorp solep ,oãçief ed avatse opmet O .etnom a sôp es odec oãçcesbus a e aieS aiv erroT ad otlA oa aievuoG rinu are onitsed O

…rezaf o ed oãsiced a eminânu iof uecetnoca euq od sioped sam ratnemucod o ed oãçnetni ahnit reuqes men e eled etrap rezaf a etnemadipar uossap odabás ed o sievíceuqseni soiessap ed otnujnoc mu ohnet eS 

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Rentrée

Caros Enterras,

De voltas às lides velocipédicas dou as boas vindas a todos, incluindo ao Snowden (pelo que ouvi dizer também pedala e publica coisas)...

Lembro que o objectivo do Angliru, Maleiro & Torre se avizinham. Os dois últimos serão no próximo sábado. Um deles é organizado e orientado pelo nosso Chefe, outro pelo Morcão e o primeiro integrado na Vuelta. O Angliru, por imposição da organização, será no dia 14 de Setembro. 

Abraço e boas pedaladas...

sábado, 27 de julho de 2013

Férias

Caro Prism,

​Sei que tens estado muito ocupado a ler e ouvir conversas de outros, por isso só te vou pedir uns segundos do teu processamento para registares que vou estar de férias até ao próximo dia 13 de Setembro. Nessa altura, podes também registar, vou fazer uma viagem até ao Angliru para ver passar a Vuelta. 

​Aproveito para chamar a tua atenção com as seguintes 'tags':
​Afeganistão, Iraque, Petróleo, Terrorismo, Gajas, Armas

​Também se me puderes ajudar nas questões abaixo ficar-te-ia, mais uma vez, muito agradecido:

​1. Como é possível o défice aumentar se cada vez pagámos mais ao Estado? Há algum buraco (novo)? Se houver não pode ser de minhoca, tem que ser uma aldeia de cães da pradaria... Ou mais!...
​2. O carpos e metacarpos do Indeciso estão melhores?
​3. Onde está a minha cassete que a empregada de limpeza da Paris escondeu?
​4. O nosso Chefe ainda anda de bike? 


*Boas férias a todos os Enterras

terça-feira, 23 de julho de 2013

Luis Silva Pessoal aqui estão as fotos da Srª da Graça, João Vidal de Carvalho ou Carlos Coutinho Alves se puderem publicar no blog dos enterra agradeço. http://we.tl/eMaokFyhEb

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Srª da Graça 20-07-13

 
100 Comentários Grande passeio
 
 
 
 
 

                                     




Sem título

O baptismo

Partimos do outro lado. Pela fresca da manhã fomos aquecendo a ritmo certo, esticanço aqui, descanso acolá a coisa tinha jeitos de novidade, tal o nevoiro e diferença de temperatura, isto para aqueles que vêm, pois tá claro !

Chegados à mercearia, a mula era um `cabrão`, logo, por analogia, o burro é uma cabra, a égua em garanhão e por ai adiante até chegar ao gato, que era assim, tipo cão. Vinha ao chamamento da dona mesmo vacilando em cima de um esteio de madeira, incauto, sem saber da consequência de ter todos os membros ocupados com qualquer coisa. Aliás, com o pêlo daquela forma eriçado, passaria bem por vassoura !

Voltei a esquecer-me dos bidons, barrinhas e fruta, mas desta vez não fizeram falta, mas o Isostar do eletrico, úuuuúuuuuuuuuuiiiiiiiiii. Aquilo dá uma gás. Muito bom. Já desvendei o segredo dele. É do Isostar.
Chegada foi na seguinte ordem :
Eletrico - batismo
Murcão e Tu - lado a lado sem problemas de maior (não abusar da sorte).

Não relacionado mas a atalho de foiçe : Como estás, Indeciso ?

A descer todos os santos ajudaram e chegamos inteiros ao fim, desta vez sem ter aberto uma vez o forno.
O repasto foi rápido e efectivo. Havia etapa do tour e todos queriamos ver.
Chegado a casa, fui ver a etapa do tour. Ligo a tv e vejo que faltavam 15 km. Acomodo-me no sofá e num piscar de olhos, já só faltavam 5. Pensei eu : Que gajos rápidos.

O Chefe, esse já ia a 30 segundos de Marte.

terça-feira, 16 de julho de 2013

sexta-feira, 12 de julho de 2013

A BELA DA MÁQUINA

Amigos, finalmente consegui, a muito custo encontrar uma bike para uns passeios, deve ser em 5ª mão e mesmo assim quase que tinha que andar á pancada!!!! Por cá são equipamentos muito raros,
nem conhecia esta marca - Silverblack. - Phoenix.
Custou-me a módica quantia de 6 000MZN, uns 156€!!!!! e agora vou ter que gastar o triplo para a pôr a andar minimamente fiável.

Curioso é que se fosse em Portugal eu nem olhava para esta máquina, quanto mais montá-la, aqui tem mais valor que a minha Oiz Carbon XTR, vale ouro.
A grande lição de estar ´"Nós África" é que tudo é relativo, e na maior parte das vezes dá-mos importância ao que não merece.
A boa noticia é que quando voltar não devo estar assim tão fora de forma para acompanhar os meus amigos Prós e mais o MC!!!!!
Grnde abraço e bons passeios.

quinta-feira, 11 de julho de 2013

PASSEIO DE SÁBADO


Caros “enterras”,  em virtude de causa de força maior de carácter pessoal, não posso ir no sábado. Desde já, as minhas desculpas a todos, uma vez que fui eu a marcar o dia e a incentivar o pessoal. Só que, infelizmente, o motivo é mesmo impeditivo.

Assim sendo, sugiro que algum dos “enterras” assuma a “organização”, para não se perder a oportunidade de fazer o passeio, até porque vai estar bom tempo.

 Levem o meu gps com o  percurso e divirtam-se. Além disso têm o "Chefe" a navegar pelo musgo.
 

 

domingo, 7 de julho de 2013

Pelos caminhos de ferro de Portugal

Se a minha professora primária me dissesse que um dia, em vez de decorar o nome das serras, os rios e os caminhos de ferro deste país, eu iria passear de bicicleta sobre elas, atravessando-os e pedalando neles, dir-lhe-ia que o desaparecimento de Francisco Sá Carneiro estava a perturbar-lhe o espírito. Mas de facto tenho tido a oportunidade de o fazer, no espaço de duas semanas na linha do Corgo e do Tâmega. As serras, essas, são difíceis de inumerar, se calhar também não importa muito, o que fica são as memórias, e mesmo que o caminho seja o mesmo nunca são iguais, nem a companhia nem a forma do passeio ou as sensações e, se calhar, ela seria uma bi-dente...

Este sábado o destino foi o Monte Farinha, em Modim de Basto, seguindo o caminho rasgado na margem direita do Tâmega para servir a linha de comboio que ligava Livração a Arco de Baúlhe que foi encerrada em 2008 e transformada numa eco-pista. O trilhos de aço e travessas foram substituídos por um piso em muito bom estado, mas bastante duro, pelo menos para quem pretende praticar aterragens depois de voos planados, ou travagens a uma só mão. Já sobre a meteriologia não podíamos ter melhores condições: pouco ou nenhum vento, temperaturas bem acima dos 30 e pouca ou nenhuma humidade. Perfeito!

Saímos da Estação de Amarante muito cedo, éramos nove* e, num instante, estávamos a chegar  à estacão de Mondim, a comer uma maçã no sítio do costume e a ouvir a 'mula' do Max. Depois da boa disposição e dum café começou o empeno na serra mas com um bom ritmo chegámos todos lá acima... Todos menos o do costume... Bela vista sobre as paisagens em redor e desta vez sem sombra de incêndios. Parece que também estão em crise... Toca a todos pelos vistos, neste caso ainda bem!

A descida e caminho inverso foi um pouco mais duro, fazia mesmo muito calor mas o repasto à gaulesa numa quelha em Amararante valeu a pena.

PS: Dia 2 do passeio anterior
Etapa 2 - Antenas do Marão - Vila Real

Depois de reparar um ou dois furos começámos a descida da vertente Este do Marão em direcção a Soutelo por trilho de saibro e pedra com inclinações negativas rondando os 15%. Normalmente subimos a pulso mas desta feita foi exactamente o contrário: 8 minutos de descida com dores nas mãos e braços. Foi difícil mas um bom desafio e valeu por fazer-nos conhecer um caminho diferente, capaz de ser usado inversamente quando as nossas bikes trouxerem um motor ou dois... Depois de abastecermos de água numa fonte de 1990 descemos para depois subir até ao pé da saída do túnel do Marão, aquela obra enorme e simbólica da capacidade (intrínseca e inata) que temos de empancar quando menos se espera... 

Chegámos ao tunel sobre o IP que liga à N15 e descemos dali ao repasto na Toca do Lobo, um restaurante frequentado por nobres ilustres. A reportar apenas um momento de desorientação minha quando em vez de seguir o musgo, que funciona sempre, sugeri seguirmos os postes de electricidade... Asneira, mas eu chamo-me Morcão... Notem que quando passarem junto a este restaurante devem falar baixo, principalmente se forem asneiras...

sexta-feira, 5 de julho de 2013

FINALMENTE EM CIMA DE UMA ..............BRANCA



Caros Enterras ao fim de alguns meses e por gentileza de um colega destas bandas pude finalmente voltar a montar, e logo numa branca!!!!!!! Porque das outra são mais que as mães, dizem que são chinesas e parecem pasteleiras das antigas. Afinal em que estavam a pensar???

Realmente quando estamos longe tudo tem outro valor. A seguir á FAMILIA e AMIGOS e dela que mais falta sinto........

Como podem ver ainda não perdi o jeito, vão treinando que eu quando chegar acompanho-vos nos rojões............



Grande Abraço


quarta-feira, 3 de julho de 2013

PROPOSTA DE ACTIVIDADES PARA OS PRÓXIMOS DOIS SÁBADOS



Sábado 6.07.2013 – Monte Farinha (Senhora da Graça)


- Amarante até Mondim de Basto pela Ecovia do Tâmega, subida à Senhora da Graça e regresso a Amarante pela Ecovia (mais de 60Km e menos de 80Km);


- Ponto de encontro: bomba de gasolina “Santa Rita” às 8.00h;




Sábado 13.07.2013 -    Vila Nova de Cerveira – La Guardia (almoço) – Vila Nova de Cerveira.


Navegação por GPS e por “musgo” pelos trilhos da prova do NGPS “Extremo ibérico” feita parcialmente por alguns “enterras” (cerca de 80 Km).


Ponto de encontro: bomba da Galp da A-28, às 8.00h;


Eu, desde já, confirmo a minha presença, espero a confirmação de todos os enterras.

 CANCELADO

  

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Uma ou mais aventuras no Marão

Nem sei por onde começar a crónica, um pediu-me para ser leve na escrita, outro para escrever sem problemas e ainda outro disse que nunca chegaria a Pro, enfim... No fim-de-semana mais longo do ano dos Enterras partimos 13* da casa do GF ao pé de Vila Real para percorrer o ciclo-trilho do Corgo no sábado, 23444º dia da Nova Grande Depressão. A novidade agora é que a Troika poderá passar a Doika... E que tivemos entre nós o XC, homem da competição, com muito para ensinar sobre pedalar...

Dia 1
Etapa 1: Vila Real - Quase Nossa Senhora dos Remédios - Régua

Pedalamos em direcção à estação ferroviária de Vila Real onde entrámos no trilho da CP em muito boas condições: terra batida, estações abandonadas, regos traiçoeiros e pontes, muitas pontes para passar a pé, ora devagar ora a correr à frente do comboio. E a paisagem? Pois, a paisagem é... E os peixes? E os bichos azedos? E o cheiro das plantas? O furo do Eléctrico e zig-zags do Orlandini?! 

Num instante estávamos na Régua a passar mais uma ponte em direcção a Lamego para  aí contar os famosos degraus e comprar uma pomada para o Indeciso, que entretanto se tinha magoado num rego ou por alí. Mas não tivemos tempo de lá chegar pois após uma pequena discussão  no meio da subida, o instinto gaulês falou mais alto e levou-nos ao Maleiro, não sem antes retirar as dores do nosso companheiro com dois Voltarenes Rapid. 

Sobre o restaurante e para o guia Michenterra proponho três estrelas, numa escala em que uma corresponde a nada satisfeito e cinco a completamente satisfeito e com uma gaja de cada lado... Outra proposta, esta do GF, é a de fazer uma votagem* para definir um hino para o grupo, assim tipo bandeira. Eu aproveito e dou já a minha sugestão pensando no nosso mais irrequieto  elemento: 'I can't fly'.

Etapa 2: Régua - Universo Paralelo - Vila Real

Se sair da cama e subir Quintarei é do piorio para alguns Enterras o que dizer de sair do Maleiro com a barriga cheia e com a vista toldada pela falta de óculos e presença em abundância de branco e tinto da zona? DML! Grandes paredes tem o Caminho de Santiago Português Interior! Tão grandes que às páginas tantas três fugitivos escolheram um trajecto por um universo paralelo. E o que eles perderam? Pois... Perderam a génese de quiçá o novo Irrequieto e mais além, no mínimo.

As paredes sucediam-se com proporcionais descidas, uma passagem por Santa Marta de Penaguião e mais paredes e mais descidas. A zona demarcada dos vinhos do Porto era evidente, as terras ordenadas por vinhas muito verdes formavam pequenos socalcos aqui e ali com altura considerável, tanto é que éramos nove e oito acharam por bem fazê-los a pé. Agora o nosso amigo Orlandini não! Não era um trilho com uma nesga de largura e um precipício que o ia demover de pedalar. Nem pensar! O resultado foi o esperado: um enterra entalado e oito não...

Quando cheguei a casa do GF pensei que estava enganado, que estava na reserva e que a falta de visão ainda estava pior. Fui recebido pelo estalar de uma reflex, copos de champanhe, brasas no churrasco e cerejas a embelezar o tejadilho dos carros... Bela organização! Só faltava uma partida de póquer, uns foguetes durante a noite e umas gajas... O banho podia ficar para amanhã... E o resto da história...

Dia 2
Etapa 3: Vila Real - Serra do Marão

Afinal demorei um pouco mais a voltar aqui e ainda não tomei banho mas prometo tomar...

Depois da alvorada do dia 23445 seguimos a nacional 15 em direcção ao alto de Espinho sempre a atarraxar e desatarraxar conforme indicações do XC. Naquele dia estava a 900 metros de altitude por isso a subida foi mais suave e depois de abastecer atacamos a subida até às antenas onde o XC chegou dando 5 minutos ao nosso benjamim e só atarraxou um bocadinho pois no dia seguinte ia até à Senhora da Graça... Irra...


terça-feira, 25 de junho de 2013

Um passeio

http://www.steephill.tv/players/vimeo720/?title=A+Couples'+Ride+(Bike+Humor)&dashboard=&id=67465768&yr=2013 Origem: Steephill.tv Não, ainda não...

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Régua - Marão ... rescaldo



Cá está o vídeo de um fim-de-semana fantástico.


REGUA-MARAO from João Carvalho on Vimeo.

Fotos gentilmente cedidas pelo Luís:
http://we.tl/lWcCrpR6j3

sábado, 15 de junho de 2013

Passeio BTT: Régua - Marão



Convido todos os “Enterras” para uma jornada dupla no próximo fds. Os percursos são sugestão minha, embora seja possível fazer alterações aos mesmos, desde que todos estejam de acordo…A estadia na noite de sábado é na minha casa em Vila Real. Agradeço a vossa confirmação logo que possível.

segunda-feira, 10 de junho de 2013

100 Título


Os Enterras somaram no passado fim-de-semana mais um passeio ao topo do Marão, o número 32232 na Era da Crise. Desta vez fomos sempre acompanhados por um manto branco e húmido que permitia só imaginar os tons das redondezas, pelo menos a mim, que ia sem óculos. E estamos quase no verão! A Ivone Silva é que sabia!

Depois de aquecer até ao Picôto passamos por São Bento três vezes* e seguimos para o lanche junto à casa sem portas dos caçadores. Como de costume o Chefe ainda não tinha chegado, mas para compensar tínhamos o Anónimo, que o substituiu a ele e a outros… Ao que parece a carroça só é puxada se houver alimento e onde há alimento temos Anónimo!

Subimos ao alto de Espinho, que desta vez estava a 1000 metros, e decidimos subir ainda mais até à Senhora da Serra por monte. O frio depressa nos fez abalar monte abaixo, depois de encontrarmos uns ingleses que por ali andavam perdidos às voltas como nós. Acho que o Chefe não andava por lá**.

Descemos para reabastecer água na fonte das sanguessugas onde, num momento de lucidez habitual, o Indeciso, já não sei a propósito de quê, disse (cito ipsis verbis***) e espero não ser censurado:
- “Mais vale ser bom numa m#$"#%" do que não ser bom em m$#"$#"$ nenhuma!”. Nem me atrevo a comentar! Agora pensem…

Dali às águas do Marão, aos túneis, minas, regatos e quase desmaios fomos a voar! As tonturas e apertos no estômago eram tantas que até me pareceu ouvir uns pensamentos canibais que se fossem de gajas***** eu oferecia-me como entrada. Tentei acalmar os Enterras oferecendo de beber e dizendo que me cheirava a bifanas. Resultou até à última subida onde viram uma carrinha cheia de fruta.

Depois de experimentarmos o termalismo com águas do Marão sentámo-nos à mesa do Tu, como bons gauleses, a beber cervejas triplas e quadruplas e 7UP. As bifanas estavam um espectáculo! Acho**** que o Anónimo vai organizar um passeio com uns amigos para subir ao monte em competição, aí uns 50 concorrentes, e depois descer para lanchar por ali. 50*4 bifanas + 50*3 Quadruplas… Prepara-te Tu! O GF e o Eléctrico até mudaram de cor!

*para ninguém se esquecer
**para não variar
***porque ouvi e posso gastar dois analgésicos
****achismo

*****boas

quarta-feira, 5 de junho de 2013

2013 Alpentour Hill climb from jef cleemput on Vimeo.

domingo, 2 de junho de 2013

Duatlo em Barcelos

Este ano, o duatlo de barcelos dos amigos da montanha contou com maior participação por parte dos Enterras de sempre. Foram : Chefe, Eletrico, Gil-Scarponi-version, Ex-Ministro, Mc e Tu.

Foi um belo e diferente passeio que para uns foi duatlo, para outros triatlo. 
No abastecimento não faltou nada, desde sandes de fiambre à marmelada, até bolas de berlim e croissants havia !  Água, bebidas energéticas e gasosa de morango ! Até casas de banho tinha. Várias.
No abastecimento, depois de passar por cima de uma toca que segundo o Elétrico, era de toupeira, entendi finalmente o que se passava com a minha roda de trás. Na última subida, durante uma das minhas palhaçadas para o Chefe e MC verem, dei força demais no pedal e tufa ! Meia esfera. Rooowwwwww, rooooooooowwwwwwww, roooooooooowwwwwwww. De cada pedalada, empenada que estava, a minha roda fazia raspar o pneu na escora. rooooooooowww, rooooooooowwwwwww. 
Foi no abastecimento que entendi... Meia esfera faz muita diferença...
Daí ao cais de embarque foi sempre de carro da organização. E o Chefe, sempre comigo, que ele não me deixa sozinho.
Na água foi um espectáculo ! 
Deu para testar os coletes para que para o ano o Murcão possa ir. Os coletes funcionam bem e se andares bem de canoa, nem deles precisas.

O almoço foi também um espectáculo. Aquele arroz de feijão com tomate, CFDP ! Top ! 
Mais as costeletas, as tirinhas de entremeada e chouriça assada a acompanhar umas minis bem grandinhas de super disfarçada. Top.
Fiquei sem saber como abrir-le-as com um isqueiro.



Ai está o video.

Operação : Escaldão para os amigos

Caros Enterras,

Dia 8 de Junho, próximo sábado, proponho uma subida ao Marão.

Detalhes da volta :
Picoto / Talegre por trajecto a determinar.
Capela do S. Bento via bouça da pousada.
Covelo do Monte.
Abastecimento.
Lameira.
Sopé de Pena Suar.
Alto de espinho.
Sra. Da Serra por trajecto a determinar :
Existe um que corta bastante mas tem pedras muito roliças, do genero de Pias. Cerca de 500m...
Existe outro que é por estrada, por onde viremos...
Alto de Espinho.
Trajecto do tunel (rolante).
Tasca da tradição.

Convém saber quantos estamos.
E sim, leva uma amigo também.
Indespensáveis :
Água,
Bike,
Protector Solar.
Algodão para os ouvidos (a descida é muito rápida).
PE : Corta vento

Vai estar calor.

Tu

terça-feira, 28 de maio de 2013

Verdade há só uma


Para variar contámos no último passeio com um dia com tempo impecável, cheio de subidas e descidas. As cascas de laranja e de banana até pareceram voar mais longe… Do alto de um monte…

Voltando ao assunto Angliru deixo-vos com mapa retirado do Via Michelin. O percurso total será, aproximadamente 482 kms, perfazendo 964 kms no total. Resumo de seguida a verdade dos números fornecidos pelo Indeciso:

1570m; 1248m; 12,55kms; 9,9%;cinco;7.6%;sexto;2,1%;6;13,1%;23,6%;3;duas;18;21%.

Agora pensem…

terça-feira, 21 de maio de 2013

Assalto à Franqueira II

Olá Enterras e Enterras,

Espero encontrá-los com saúde, barriga e algibeira cheias. Tenho alguns minutos para reflectir e escrevinhar sobre o passeio do passado sábado que, apesar de ter sido uma repetição dum outro muito recente*, foi muito diferente. 

O ajuntamento foi em Vilarinho foi regular, descemos pelo caminho de Santiago número 23232 passando a ponte sobre o rio Ave que, segundo um dos nossos, há algum tempo estava cheio de água. Claro que estava, eu acredito. Passamos por algumas boas almas que caminhavam por aquelas bandas enquanto eu e o Chefe discutíamos se seria melhor ter um computador amora PI numa caixa feita por ele. Eu acho que sim, mas posso estar errado...

Em Junqueira enfiámos por um novo trilho, guiados por setas novinhas em folha, seguindo orientação 23234. Parece que, a exemplo das verdades dos políticos, os caminhos podem variar, nunca deixando de ser 'caminhos de Santiago', ou seja, são sempre verdades. Por falar em verdades e questões religiosas não sei o que pensam dos depósitos estarem seguros e de serem sacrossantos mas, cá para mim, que sou morcão, o céu, um dia destes, ainda nos vai cair em cima...

Chegámos à Franqueira e o Eléctrico e eu partimos em revoluções aceleradas, deixando todos para trás, pensávamos nós. Mas quando faltavam aí uns 500 metros para o topo ouço um arfar atrás de mim, era o Indeciso. Vínha com um ar esgazeado e decidido a espetar um 'bofardo' num meliante, e pelo aspecto era eu quem tinha a bisnaga na mão! Até tinha os olhos raiados de sangue, vermelhos de raiva e pêlos na tromba! Irra! Arrumei-me para o lado não fosse ele atropelar-me também! E fiz bem, ele continuou a subir como se não houvesse amanhã** em direcção ao Eléctrico e este meteu a 5.ª também com medo dele. Só faltava vir um lobo atrás de nós! Irra! Que susto. 

Quando lá cheguei o Chefe já tinha ido ao restaurante e os dois estavam a conversar. Parece que um deles vai fazer uma TAC, agora não me recordo a que parte do corpo... TAC, TAC, TAC 

Errata: A etapa do Angliru é no dia 14 de Setembro, um sábado. 

**que era domingo 
*daí o II

terça-feira, 14 de maio de 2013

5,5 meses depois, a Assunção volta a ser conquistada (a Serra)

Ao fim de 4 meses "nos África" e de 5,5 meses sem pedalar foi com vontade e arrojo que me fiz á Serra!
A primeira subida, Santa Cristina foi difícil, a segunda a do aeródromo terrível, mas difícil foram os 6 km até ao cimo da Assunção.
Não fosse a valiosa ajuda do Morcão estou certo que tinha custado muito mais, assim não imaginam a satisfação que foi voltar a pedalar e logo para começar um itinerário destes!!!!
Ouvi dizer que Portalegre fez estragos, o que são 100 km para os enterras habituados a todos os obstáculos, logo no sábado que estava com vontade de vos deixar chegar primeiro (eheheheheh) afinal não fiz 100 km mas estive parado 5,5 meses. Em Agosto devo estar de volta, talvez seja a altura de voltarmos a subir Quintarei e Pias...... até lá não se cansem (ehehehehehe).
Apenas o Morcão, nem o pessoal do têxtil, do direito, do SAP, do ensino, da EDP, da banca, nem o chefe!!!!!!!!!!! deve ter sido pequena a estafa!!!!!
Continuação de bons passeios e não vale a pena responderem a provocações de enterras africanos, são apenas provocações de quem gostava de por andar e de vos acompanhar.


Para memória futura ficam as fotosGrande abraço!!!