Bike em Terra

Bike em Terra
Topo do Marão 1420 metros (mais ou menos *)

sábado, 29 de setembro de 2012

A Troika dá e leva

Mais uma semana passada, mais 7 dias de tristes notícias, défices e furos nos cintos.Valha-nos ao menos uma manhã sossegada em que se pedala em paz nos trilhos, por enquanto SCUT, de São Vicente de Queimadela e Ass Candels.

Os Enterras F,C,B e eu partimos já eram 4:30 da manhã em Nova York, estava um dia de Outono magnífico e a malta estava com vontade. O F trazia umas meias novas duma maratona que não participou, o C uma bike quase nova e um jersey de uma maratona de alguns cumes em que participou e o B trouxe umas barras que comprou pelo caminho e uma ideia que partilho aqui convosco e que, a meu ver, demonstra o espírito que reina neste grupo. 
Disse ele com um sorriso de orelha a orelha enquanto pedalava calmamente:
- Dar uma é glorioso! Um acto nobre!
E logo a seguir arremata um outro: 
- Sim, é! Mas nesta idade são mais as que levo do que as que dou!
E assim vai este país ensombrado pela Troika: Dar algum mas levar sempre mais! Sim senhor! E concluiu ainda: 
- E feliz daquele que tem quem lhas dê!
Pronto! Amanhã vou à Assunção - pensei - nem que chova!

Sobre o passeio, pedalámos pouco, falámos muito e acabamos a provar umas especialidades mouriscas no sopé da Assunção. Também ficamos a saber que os sobressaltos nos joelhos do B estão-lhe a dar que fazer, tal como o tendão no meio da coxa doutro Enterra, hoje tristemente ausente. Ainda bem que não vimos cães-ovelha...

Perceberam? Não? Então está bem...
E lembrem-se da primeira fila... E acho que troquei as letras...

*Dedicado ao JJP

PostEdit (ToS)


Digam em unissono : CFDP !!! Parece lama dos 5 cumes (3)

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

5 Cumes 2012

este é meu relato dos 5 Cumes

domingo, 23 de setembro de 2012

Não, Coutinho !

Cheguei agora a casa dos 5 cumes.
Digo-vos já que todos terminamos bem de saude, do resto...não.

Houve de tudo, desde gajas a fazer-nos pensar estarmos parados, gajos a pedalar só com uma perna, os apressados do costume (esquerda, direito, MEIO), espanhois divertidos ?!?, lama, muita lama, grandes bichas (a do km 0 e a das lavagens) e (preparem-se) dois gajos que cruzaram a meta de fora para dentro. Agora pensem.

A prova acabou no zé da amura a abocanhar francesinhas como se não houve-se amanhã.

Diria que foi um dia passado em grande mas parti o dropout.



Sabado às 0915 s.vicente da queimadela. Se chover = estrada.

sábado, 15 de setembro de 2012

Há, mas não é para todos...

Hoje, alguns meses depois de entrarmos em recessão e alguns anos antes de sair dela, os enterras reuniram-se para fazer mais algumas revoluções. Naturalmente que só nos pedais, porque das outras, daquelas que acabam com regimes de ditadores e de gajos, usualmente denominados políticos, que apenas estão ao serviço deles próprios e não daqueles que os elegeram... Dessas os enterras pouco ou nada podem fazer... 

Claro que tudo isto já nós sabíamos, o que eu, Morcão, não sabia era que, depois de se virar do avesso, um Enterra iria ter um andar novo... Pois foi isso que eu ouvi quando cheguei ao ajuntamento em São Vicente... A malta tratou logo de mudar a conversa, dizendo que eu estava fora do contexto, mas percebi muito bem: Em plena crise!? Um andar novo! T2,T3? Não faço ideia, mas hei-de saber!

De volta às pedaladas, lá fizemos o trajecto previsto sempre em bom ritmo, sendo só travados por uma 'operação stop' no meio do mato. Os agentes apenas procuravam uma forma de chegar ao topo da serpente... Se lá estivesse o Chefe estou certo que os desenrascava mas como éramos só nós* e o NNY, tiveram que fazer meia volta... Ou então andavam à procura dum gajo com um andar novo...

O resto teve pouca história, muita pedra solta, alguns impropérios lançados por um Enterra a uma respeitável senhora (que eu não vi, mas disseram-me), bebidas e fruta q.b., enfim, mais um sábado bem passado.

Escusam de procurar o asterisco...

Abraço, boas pedalas e deixo-vos aqui algo para meditar... E se em vez de Enterras nos chamássemos Troika? Não quer dizer a mesma coisa? Que dizem?... O nosso país até poderia tornar-se em algo parecido com os Países-Baixos, só que ainda mais baixo, tipo... Abaixo do nível do leito do mar... 

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

SEM BICICLETA

 
Lá estaremos, sem bicicleta mas com sapatilhas, em representação dos "em terra"

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Rentrée

E cá estamos nós de novo, prontos para mais um ano de pedaladas recompostos por umas férias merecidas. Todos? Não, claro! Mas os presentes estiveram à altura.

Em São Vicente a coisa começou a rolar, não sem antes termos visto, pela primeira vez, o Shadow virado do avesso, literalmente. O homem parecida a bandeira d'Angola... Irra! E diz ele: - Vocês nunca me viram chateado! DML!

Quintarei passado descemos ao encontro do multibanco do NNY mas com pouca sorte porque já devia ter passado por ali o P.P.C. e de 20 nem vê-las.

Mais uma parede até à penitenciária com uma lavagem rápida à bike do NNY e de volta ao pó...

Bifanas e casa!

Hã, ia-me esquecendo! O Chefe diz que quando é o Morcão a puxar, é porque anda a treinar. Se é ele, é porque quer uma medalha. Não sei quem lhe disse isto mas ele 'táva chateado!

Também gostava de ver aqui uma reportagem sobre os caminhos de Santiago, e pode ser anónima.

sábado, 8 de setembro de 2012