Bike em Terra

Bike em Terra
Topo do Marão 1420 metros (mais ou menos *)

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Feliz TuOTuelbe


Desejo a todos os enterras e vice-versa um Feliz TuOTuelbe.
Que o próximo ano seja o melhor de vossas vidas !

Murcão, finalmente está prestes a acabar este annus horribilis onde de tudo o que aconteceu, apenas quero guardar a subida ao Facho na memória.
Certo que apesar de tudo, todos estamos com saude e vivos para poder dar as boas vindas ao novo ano. Que estejamos todos cá daqui a um ano com a mesma saude que nos permite pedalar por caminhos lindos, subir ingremes montanhas e descer belos single-tracks na companhia de bons amigos.

Por isso, aqui o TuOSix deseja a todos um bom TuOTuelbe.


Cuidado com os exageros na passagem de ano...

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Convite

Boas caros EnTerras, o grupo lá do ginásio que fazes uns passeios a noite recebeu um convite para ir ao Marão esse convite também é extensível aos EnTerras fica aqui o copy paste

Aproveito para desejar um Feliz Natal a todos


Rui Matos
Eu desafiava os membros dos Iluminatis a iniciar o ano de 2012 com umas boas pedaladas. Que tal o passeio do Marão organizado pelo Bilabikers de Vila Real dia 8 de JAN 45km com acumulado subida +- 800m, não muito técnico mas normalmente muito frio ou se calhar neve. O almoço é fantástico pelo menos nos anos anteriores aguardo companhia.


Nuno Vasconcelos penso que dia 8 já terei feito a digestão das rabanadas;) vamos ver;)

Carlos Coutinho Alves sou menino para ir lá meter a cadencia já que andas mto rápido e possivelmente levo mais pessoal

p.s aquilo são maneiras de descer pias/couce e depois queres que vá contigo

Pedro Marage É uma boa oportunidade para conhecer o Marão, vou ver a "agenda" e tentar marcar isso.

Rui Matos meus amigos o tempo das corridas e dos tempos já passou... agora prefiro contemplar a paisagem, subir muuiitooo devagar e descer muito depressa porque o almoço está à espera. caso estejam interessados consultar o site bila biker´s e fazer a inscrição


domingo, 18 de dezembro de 2011

Feliz Natal

Amigos enterras,

Nesta quadra que se aproxima desejo a todos, incluindo ao Coutinho, um Natal cheio de pedalada!
Votos deste vosso amigo morcão e estranhamente ranhoso... E com uma imagem de uma árvore de Natal diferente.


quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Sustentabilidade amarela... - Ep. JX009

Caros irmãos biciclistas,

 Eu ando frio.

 Noto uma dificuldade em sair da cama para pedalar. Será um constrangimento psicológico que me impede de pedalar logo de manhanzinha, onde o nevoeiro é mais que muito e o orvalho torna a prática do btt mais perigosa e onde o risco de urinar no mato e fazer libertar vapor é de 100%.

É por isso que desenvolvi um sistema onde o bbtista urina para o cantil e o cantil está ligado a um sistema de tubagens de aquário, terminando em cima dos pneus, de modo a aumentar a temperatura dos pneus e consequentemente  aumentando o grip!

Outra utilidade desta técnica revolucionaria, é fazê-lo para os travões de disco. Melhora o poder de travagem, limpa o disco e deixa um cheiro horrível. O segredo é encontrar um equilíbrio entre cheiro e brakepower.

Por fim, deixo aqui mais uma dica sobre os poderes místicos da neve amarela: se estiverem perdidos, escrevam o vosso nome na neve, pois vê-se a curta distância e atrai predadores.

P.S. - Não façam como o "Uro Club".

sábado, 3 de dezembro de 2011

Assunção com frio...

Mais um sábado, mais um passeio e, apesar do frio, foram muitos a ficar na caminha, como podem ver na listagem que se segue:

Presentes (os representados nos pixéis acima)
 25 Paulo Mota NNY
 520 Morcão
 000 Poste em cimento

Ausentes
 105 Mário Geraldo
 212 Manuel Azevedo
 213 Hugo Azevedo
 200 Coutinho
 62 Miguel Pires
 65 Paulo Teixeira
 51 Nuno Santos
 49 Maria Marques
 248 Rui Gonçalves
 242 Nelson Pires
 210 José Carlos Carneiro
 500 Chefe
 245 Eduardo Cateto
 104 Pedro Lopes
 31 Francisco Travassos
 15 Leonardo Lico
 33 Snoopy
 501 Susana Serafim
 666 Jorgex
 201 Paris Hilton
 206 Tu o'Five
 205 Tu o'Six
 202 Fernando
 222 TinTin
 223 Jorge Santos
 224 De Giles
 226 Domingos Ferreira
 225 Pedro Correia
 512 Adelaide Correia
 505 Adélia Correia
 506 Eugénia Correia
 519 Cristina Correia
 211 Troika
 524 Cute
 26 Areias
 269 Tiago Correia
 517 Graça Correia
 Entre outros Correias...

Do passeio fica a memória de um jesuíta na Moura, de uma subida à Assunção (monte) e um frio de rachar... Já tinha dito que estava frio?...

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

O último passeio visto pelo...

Tu o'Six
Km 0 - Eh pá, estas rodas vão ser um progresso!
Km 20 - Eh pá, tanta lama... Vou levar toda a tarde para as limpar... Irra!

Coutinho
Km 0 - Ok, vou ver se fechei o carro.
Km 20 - O quê?! Já acabou?! Irra!

Morcão
Km 0 - REC
Km 20 - PAUSE

Cute
Km 0 - Aii!
Km 20 - Uii! Que belo rojão!

Chefe
Km 0 - Zzzzzzzzzzzzzzzzzz
Km 20 - Zzzzzzzzzzzzzzzz....

Paulo NNY
Km 0 - Atchim....
Km 20 - Zzzzzzzzzzzzzzzzz....

Gil
Km 0 - ZzZzZzZzZzZz
Km 20 - zZzZzZzZzZz

PS: Gil, antes que percas tempo a pesquisar NNY é o acrónimo de No Nyckname Yet. Ok?

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

i9 5G ou mais

Caros enterras,
É com prazer que vos dirijo estas palavras pois finalmente foi-me apresentada a derradeira solução à prova de Chefe para os cabos de travão e afins. Espero que esta tecnologia alemã se torne rapidamente um standard e que venhamos a desfrutar da presença do nosso Chefe com mais assiduidade. Por falar em presença... Onde anda o nosso irrequieto e radical maior? O Gil?

Atenção que o gajo com barba não sou eu... Ele também tem cara de morcão e de quem pedala, mas para conseguir meter ali uma bateria e condensador, mais duas caixas plásticas azuis, num quadro com uma curvatura tão assentuada (para senhora) com uma forqueta de downhill tipo shopper, e ainda por cima estar a rir...

Agora pensem...

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

E esta, hein ?? !!!





terça-feira, 25 de outubro de 2011

Res Caldo da Op Palha na Eira (que estava na cama (antes))



Ora boas enterras e não só.

Estou neste momento a descansar e resolvi meditar e escrever um pouco sobre o passeio de sábado que foi, na minha opinião, o melhor organizado até à data pelo Tu o’Six.

·         A reunião nos rabugentos aconteceu à hora prevista e os nós, os 5 sem o Tim, partimos num tempo impensável de 31 minutos, com transbordos incluídos.
·         O tempo foi quase encomendado, estava impecável, tal como a bike do Coutinho. Nem calor nem frio, antes pelo contrário.
·         O Chefe quando chegou esteve a rodar a roda da bike aí uns 11 minutos, sem exageros, mergulhou-a depois em água do Marão e furo nem vê-lo e ainda bem para ele e para nós.
·         O Morcão levava um pneu novo e usado, e com uma deformação como a dele. Foi o Chefe que reparou ao cabo de 60 kms, se calhar agora vai andar direito (o Morcão)…
·         Perto de São Bento encontramos um amigo, que mais tarde viemos a saber que se chamava Areias e que, para além de gostar de passear de bike, apreciava rouxinóis e sandes de presunto sem ranço. E foi a aquisição da época, pois quando nos voltamos a encontrar nos caçadores, decidiu ser nosso guia.
·         O Tu o’Six, responsável certamente pela contratação do guia, pensou também no Cute, pois a meio do passeio este teve direito a uma pocinha de água do Marão só para ele, e a sanguessugas… Até se babou… Hã … E hoje é 3.ª e ainda não tive problemas, por isso posso confirmar que a água é potável!
·         O Chefe descansou quase toda a subida em 22 para surpreender o Morcão, sem sucesso.
·         O Coutinho trazia a máquina de pixéis e captou algumas imagens magníficas.
·         O Chefe trazia um telemóvel mas que se tornava numa máquina de pixéis ainda melhor do que a do Coutinho (era profissional (o fotógrafo)).
·         O Gil não compareceu, o que é sempre bom para a logística, e descanso do Chefe.
·         A fobia das folhas voltou e o Coutinho quase caiu numa valeta com umas dezenas de metros… Foi por um triz! E ficou chateado porque o Morcão não o deixou chegar em primeiro à Lameira. Mas pediu-lhe desculpa pois estava com pressa para fazer algo que não podia em cima da bike.
·         O Chefe avisou o Cute para não adormecer enquanto descansava deitado de bruços, não percebi bem porquê, mas ele estava a deitar-lhe um olhar esquisito, o Chefe…
·         O banho no final foi impecável por isso viva a Junta de Sanche e o seu responsável e o Tu o’Six. Acho mesmo que se deveria tornar um hábito, tomar banho depois de um passeio de bike. Claro que sem o defumadouro do Chefe… Irra…

O Marão visto pelo Coutinho:

Visto pelo Chefe:


E pelo Morcão:

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Operação Palha na cama

Ora viva caros Interras,


Hoje ao acordar imaginei-me a subir ao alto de espinho e depois a voar por entre pinheiros com o canhão e em voo picado atravessar tuneis naturais só para chegar a uma tasca onde servem presunto e paio envoltos em pão de padronelo.
É verdade ! Alguns diriam : Esta gajo não jantou. Outros, nomeadamente o Cute, diria :
- Tu não tens palha na cama !
Não no sentido de me chamar um animal que coma palha, eu sei. Mais no sentido do dispositivo de aconchego que foi descoberto há precisamente 2011 anos por um menino que não era treinador de futebol.


Amanhã, dia 22 de Outubro de 2011, convoca-se os interras para mais um passeio que eu espero do agrado de todos lá para os lados do Marão.
O encontro está marcado para as 0730 GMT nos velhotes. A ideia desta hora está relacionada com a falta de palha e com a necessidade de estarmos todos de volta para jantar com cada um dos nossos. Dai a hora de encontro ser tão tardia.


A logistica foi um pouco complicada de organizar, mas, quando estamos todos prontos para ir, que mais nos falta ?
O 206 vai levar o 207. O Mc vai levar o 206 com a gazela em cima. O Chefe, a Cristina do radio FM. O Cute e o Murcão, não sei mas vou saber hoje ao almoço no Francislao.
Por isso, meuzamigos, com a devida ressalva relativa ao tempo, e por saber que não haverão valetas, estamos todos lá ?

PS - Observem bem pois já há XTR aqui pró TuOSix :)


E agora, Senhoras e Senhores, do album, Follow the Leader, os Korn com It's On :

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Crónica de 15/10/2011 …. Irra

Este sábado era para ser 50% de enterras, mas á última da hora houve uma desistência, por tanto fiquei eu e o Morcão
A hora combinada apareceu o Morcão , e lá fomos para o nosso passeio. Nas primeiras palavras de circunstâncias, diz o Morcão:

- Hoje estou irrequieto esta semana tirei 2 minutos “ahh Assunção”



Irra

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Troika altera código da estrada

Caros enterras,

Não, não estão enganados, este é o nosso blog, só que os gajos que andam a piratear o site da Sony também passaram por aqui...

Agora relativamente às últimas notícias da economia e da intervenção da troika fica aqui um novo sinal de perigo. Acho que há outros a caminho... afinal não só voou metade do subsídio de Natal mas também a liberdade de circular nas valetas... A todos os que fizerem uso destas, sugere-se o uso de colete reflector e almofadas, tipo air-bags, tamanho 206, no mínimo.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Penso que desta vez não vamos participar na maratona do nosso quintal

Mas temos aqui uma que vai ser no nosso 2º quintal





aproveito para desejar um bom passeio lá pro lados do Marão

sábado, 1 de outubro de 2011

O Salto do Gil...



Hoje não tenho palavras...

Entretanto, na casa do Chefe...


terça-feira, 27 de setembro de 2011

A partticipação dos Enterras na maratona dos 5 e 3 Cumes em Barcelos 25-09-2011

A Partida





TuôSix (5 Cumes)



Morcâo (5 Cumes)




Mister Ci (3 Cumes)

sábado, 10 de setembro de 2011

Duas em uma... sem imagem


Há alturas em que nos reunimos para pedalar*, e outras em que o único propósito é ouvir as histórias, que não são histórias**, contadas pelo nosso Chefe. A semana passada foi para ouvir, até porque só vieram 4 enterras, estava a chover, convidava a uma fogueira e a malta estava cansada como o costume. Do percurso nem sequer falo, já nem me lembro, apenas que chegados a um parque de merendas, assentamos arraiais a lanchar em redor do Chefe.

Com ar sério começou: - Há muitos, muitos anos havia uma terra ali prós lados de Leça, que começava com uma placa que avisava: “ESTÃO A ENTRAR NO FAR OU ÉS-TE!” e que terminava com outra que voltava a avisar: “ESTÃO A SAIR DO FAR OU ÉS-TE!”. No fundo, esta terra era uma rua – dizia – tinha uns quantos cafés de cada lado, mesmo tipo tascas, que eram visitados frequentemente por uma mulher que tocava música. Para afinar precisava passar em todas as capelas e tomar um dedal cheio de líquidos, ziguezagueando entre elas. Quando chegava ao fim da rua estava fina e pronta a tocar, e que bem que ela tocava – lembrou o Chefe – tocava mesmo bem, de ouvido e não só…

Nessa rua havia também um mágico, e não era um mágico normal, era um que escondia coisas como qualquer mágico sim mas, para as fazer aparecer, era à marretada. Tinha também um prazer especial em esconder plantas, e se possível de folhas palmatinervadas e depois, gostava de as queimar aspirando os vapores.

Certo noite, estava ele num desses antros, quando entraram uns gajos de azul e de chapéu e vai daí ele pega num saquinho de plantas que trazia no bolso e zás, fá-lo desaparecer na parede do WC! Magia! Mas como os gajos não desandavam teve que concluir o truque no dia seguinte. Azar o dele… Durante a manhã outros gajos com azulejos, coisas de trolha e sem sono, revestiram a parede. Bonito serviço, disse ele com ar de desafio*****, este vai ser o meu número mais difícil! E PUM!

- Ei! O que foi isto? – Perguntou o dono.
- Isto o quê? – Perguntou o irmão do mágico, também fã de plantas…
- Parece-me ouv.. PUM! Isto, carago! Não ouviste?
- Irra, já está a ouvir coisas?! Que idade tem? (PUM! PUM!)
- PQP! Se isto não vem daqui de dentro… e vai em direcção do quarto de banho. Cruza-se com o mágico e pergunta-lhe se não tinha ouvido nada e claro que a resposta foi negativa. Entra na casa de banho e … AAAAAAAAIIIIIIIIII, O QUE É QUE É ISTO CARAGO?! QUEM FOI O F… Bom, aquela parede fazia lembrar um bunker depois de um ataque de artilharia pesada. De facto foi o aparecimento mais difícil para o mágico! E nunca mais endireitou, a parede…

A esta altura o Chefe já ia na terceira barrita quando começou a história do Pêpêdê. Esse sim estava muito à frente, ele inventou a forma mais rápida de mudança de transporte, em andamento. Uma vez ia ele de gás na sua Casal de duas a tentar descobrir os horários dos autocarros quando de repente lhe sai um ao caminho, adiantado claro. Não teve mais, apontou à porta e zás, entrou de cabeça e recebeu um módulo, não fosse ele desaparecer sem pagar. Tirou logo bilhete e foi o precursor do andante, porque entrou em andamento.

Ele e o outro que sacava um cavalinho e encaixava a roda da frente na traseira do autocarro e andava assim de transporte público. Diz o Chefe muito calmamente e com admiração – “Nunca o vi cair!”

Depois havia o Bob Marley que tinha uma carrinha cheia de fumos lá dentro e chateava-se por tudo e por nada. Um dia à noite ia com a malta e alguma coisa o mordeu pelo que disse ao gajo que na altura conduzia: - “Abranda para os 30!” e ele abrandou. Então o BM, nascido em King Stones (Jamaica), abriu a porta de correr e ao pontapé fez descer os outros passageiros que iam a bordo. Inovação, diz o Chefe! Rápido e eficaz! Para quê as mangas nos aviões, assim é rápido e seguro, se não ultrapassar os 30?

Passada uma semana voltamos a encontrar desta vez em São Vicente de Queimadela, para tirar umas fotos e esperar pelo capacete do Gil. O Chefe manteve o mesmo pedal para tudo menos para a bicicleta, discutiu-se imenso a altura das redes de Futvólei*** de praia, não sei bem porquê, mas são sempre mais altas do que os jogadores. Segundo o Chefe porque eles têm sempre que saltar para cabecear a bola. O Coutinho voltou e trouxe a máquina e a minha conta. Eu continuo com a escoliose, acho que não me safo, e o Gil continua a precisar de férias ao sol e a fazer asneiras. Desta vez teve que ir ao campo buscar o capacete do Chefe e a casa buscar o dele… Irra!

Hã! Ia-me esquecendo, afinal eu tinha razão, a Cristina está viva: o Chefe buzina e o rádio liga, mas os mecânicos já sabiam e têm uma promoção para resolver isto… Sobre o passeio… não teve história porque estava a chover, pouco…

*Cada vez mais raras…
**Aconteceram mesmo!
****O Gil é que sabe disto
*****Tipo Chefe.
******Encontrei alguns asteriscos!

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Rota das Cebolas 2011

Caros enterras, Caso seja essa a vossa vontade e disponibilidade no próximo Domingo realiza-se no Castêlo da Maia a habitual concentração de biciclistas de monte (domingueiros). Não há marcações pelo que temos que estar lá antes das 9:00. Confirmem presença, ou não...

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

A volta dos enterras

Olá a alguns Enterras,

Estavam certamente a pensar (erradamente) que não haveria crónica, ou até que o morcão se tinha esquecido… Nada disso, bem pelo contrário, lembro-me muito bem, de algumas coisas!...


Por exemplo que só apareceu o Chefe, o Ativista, o Cute e eu. Os outros devem ser infiéis ou estão a ficar preguiças, já não sei… Lembro-me também que a nova máquina do Chefe, uma Ostreich (não tenho certeza se era este o nome, estava em estrangeiro), portou-se à altura, que a corrente do Cute tinha tanto de óleo que parecia um cabo de massa consistente… E a do Ativista teve que levar um biqueiro para entrar nos eixos que até a mim me doeu! Coitada da bicha, sem culpa nenhuma até andou de lado. Se ele soubesse que quem o baptizou de NN fui eu…

De resto nada de especial a reportar, a não ser que as câmaras-de-ar do Ativista não enchem tal como as botijas do Chefe (duas)… Mas estas últimas ficam frias… E por falar em botijas… Vocês sabem que o Chefe tem um PiTi que é um Ironman aka Homem-de-ferro aka Ironned Man? Não? Nem eu sabia! Mas desconfiava, pois ele está imparável! Pois fiquem a saber que este faz 90 kms a nadar, corre 2 e faz mais 90 de bike vestido com fato de mergulho completo (não sei se com barbatanas, mas vou perguntar ao Chefe).

Relativamente ao passeio propriamente dito, dos resmungões fomos a São Vicente de Queimadela, daqui a Quintarei e a Sobrado, depois ¼ de Pias, Alto de Valongo e ala para casa. Passamos também por meia dúzia de bombas de gasolina para o Ativista meter ar… E mais nada, estamos de volta para o que der e vier…

Alguém sabe do Coutinho?

PS: É bom estar de volta... Acho...

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Black Snake

Quadro--------------- Drossiger CR 10.0 Alumínio
Suspensão F.---------- Marzocchi bomber mx comp+ETA
Amortecedor---------- Fox Float R pro-pedal
Direcção--------------- Acros 1 1/8-1.5 integrada
Manípulos Mudanças-- Shimano XT
Manetes travão------- Shimano XT m775
Mudanças F/T-------- Shimano XT
Pedais---------------- Xpédo
Eixo Pedaleiro-------- Shimano Deore
Alavanca Pedais------ Shimano XT
Cremalheira---------- BBB Maquinado CNC
Carretos-------------- Shimano Xt
Corrente-------------- HC 74
Avanço---------------Bontrager Race RL
Guiador-------------- Easton Carbon EC 70 Xc
Selim---------------- Selle de Italia SLR Gel Flow
Espigão de selim----- Syncros Alumínio
Rodas---------------Shimano XT M-765 /A-Rims fso7
Pneus F/T---------- Schwalbe Smart Sam/ Racing Ralf

Peso---------------12.400 gr

Preço-------------- N/D

Agora estou a espera de companhia pra pedalar!

domingo, 17 de julho de 2011

Cozinha dum bttista! - Ep. JX008

Um *FunWorks, escova Camel e lavatório Rodi!
Adoro a minha modesta cozinha! Tenho quase tudo o que preciso, quase tudo. Só falta mesmo o frigorífico para conservar os pneus e um snappy para segurar a minha amiga metálica germânica.

Como vivo sozinho, aliás, vivo com uma amiga imaginária, tento fazer do meu espaço o mais minimalista possível, o mais espartano possível, o mais prático e funcional possível. Devo lembrar que tenho pouca mobília e acabo por amontoar as coisas no chão. Por exemplo, o arquivo morto da FCT - UNL está todo empilhado no chão da cozinha. As ferramentas, idem. O cato (Espadas de São Jorge), chão.
Enfim, tudo no chão.

O meu espaço tem outras qualidades para além soalho. (^_^")

Ao contrário do sanatório, a lura base operacional, não tem grades nas janelas. Entra muita luz e se tentar fugir, rebento que nem uma castanha ao entrar em contacto com o asfalto. Tenho a oportunidade de adicionar amaciador na máquina de lavar para a camisa de forças ficar menos áspero.

Tá hora de procurar o jantar!

quarta-feira, 13 de julho de 2011

O chefe queria montar umas rodas

Aqui fica um tutorial para o chefe chefar.



E depois pões uns leds azuis, que é para não destoar do coração, e, voilá :



Chefe, posso publicar isto ?

quarta-feira, 6 de julho de 2011

E agora, algo completamente diferente

Caros amigos Enterras,

Como temos andado ?
Esta ausência de actividade no blog é porque ?
Dizem vocês, e com razão, que para vir para aqui fazer perguntas ao pessoal, mais vale estar quieto. Eu concordo. Mas como vocês sabem, eu nasci para vos chatear, e vai dai, tomem lá disto.
Hoje estou para histórias.

Certo dia um gajo acorda para apenas mudar de posição, ajeita-se entre os lençois e pensa, vou andar de bike. Quem nunca fez isto ?

Num local qualquer, um gajo vai a caminho de um casamento para o qual tinha sido convidado. Roupa nova, sapatos a brilhar, Oculos de sol pois claro, brilhantina, um luxo.
Caminha num passeio do lado direito (depende se for a subir ou a descer) da rua quando repara que todas as outras pessoas andam pelo outro.
Cheira-se, mas não sente nenhum odor estranho debaixo dos sovacos, não fosse esse o factor repelente. Vai dai continua mas sente-se a caminhar em algo não muito solido. Pensou : "Será que calquei algo canino ?".
Olha para o chão e vê que o passeio é feito de cimento...ainda fresco.

Era uma vez um pescador que tinha a mania de usar lip balm de Kiwi nas partes fudengas de outras (e sempre que dizia uma asneira perguntava depois "Posso dizer isto, Murcão ?). Entrou em sarilhos quando este produto deixou de existir no mercado.
Pescador, se me estás a ler, aqui fica a receita via iutubi.
Esta é de menta, não uses o peppermint pois deve dar uma boa sensação de ardiume, acho.
Metes Kiwis descascados num pneu, montas o pneu numa dessas rodas que por tua casa abundam, vais dar uma volta com a roda numa das bikes. Quando chegares a casa, abres a valvula e retiras o liquido para um recipiente. Reservas durante um dia e depois segues a receita substituindo o peppermint por esse liquido. Até vai fazer plak, plak. Vais ver.


Era uma vez um Senhor (com ésse grande) que quando não andava de bike a mulher pensava que ele estava doente. Tinha um amigo que para ir andar com ele (com o Senhor) acordava de manhã, perguntava à mulher : Sexo ? Ou vou andar de bike ?
Leva o casaco que está frio.


Era uma vez um gajo que só pedalava com o corpo mas os amigos diziam-lhe : Tens que andar com a cabeça, não é só com o corpo !!!
Certo dia, entendeu o que lhe diziam. Agora ? IRRA que ninguém o apanha !

Amigos, deiam uma desconto a esta pobre alma.
Se vos consegui fazer rir um segundo que seja, tenho o meu tempo bem gasto.

Os calções dos cinco cumes são muito bonitos, mas fora do orçamento.
Não entendo porquê calções-5-cumes.
É que se os vestir fica só um cume ... (silencio)
(calma, mais silencio)
Prontos, vá, 3 cumes, dois pequeninhos e um maiorzito, mas 5 não
(silencio)
Chefe ! Posso dizer isto ?

Como é no próximo sábado ?

terça-feira, 14 de junho de 2011

Golden já rola

Meus caros;
É com muito agrado que escrevo estas linhas, isto quer dizer que já tenho BLOG!
O meu grande amigo Tou`six, se não fosse ele, a esta hora ainda andava a escrever nas paredes das casas de banho por esse País fora, tentando encontrar os meus camaradas BICICLISTAS que tantas horas passamos juntos a discutir por tudo e por nada!
Quero eu dizer com isto tudo que o próximo SÁBADOsaída, não sei onde mas que vai haver vai. Até o GIL vai!
Acho eu! A não ser que arranje uma caganeirae que não vá!
Mestre"Morcão" posso dizer isto!

terça-feira, 31 de maio de 2011

Aiaveadrim

Sonhei sim, sonhei que a técnica da força se sobrepõem à força da técnica e vice-versa… E há alturas na vida do homem, e acho que por vezes também na das mulheres, em que se fica sem saber se é necessário aplicar uma ou outra… No caso delas basta-lhes perguntar, nós respondemos… Claro que estou a partir de um pressuposto, quiçá errado, que saibam no que estou a pensar… Já lá vou…

Estive a dormitar um pouco sobre o assunto e entre duas fases REM ocorreu-me que o Zinn afinal não percebe nada de mecânica, nem ele nem o Jorgex. Claro no caso do Jorgex sendo ele um enterra não é novidade e não é consensual, já no caso do Zinn a coisa pia mais fino! Mas também não estou muito preocupado, até estou mais descansado, acho… depois do sono.

Eis aqui algumas das épicas situações i9 implementadas pelos enterras, ou sonhadas, já não sei bem:

Situação: A roda de trás não entra no sítio do costume.
Solução: Retirar uma das pastilhas do travão.
Resultado: Menos 25 gramas e a prova de que o travão traseiro, no seu conjunto, é um objecto desprezível na construção de uma bike de montanha e desnecessária numa maratona como a de Portalegre.

Situação: Furo numa roda tubeless seguido de furo numa roda com câmara na mesma bicicleta. Material necessário disponibilizado: Câmara-de-ar convencional, câmara-de-ar convencional e que enche, bomba de ar, botija de ar comprimido, paciência, desmontas, força, técnica e, por fim, algum tempo.
Solução: Fácil quando a técnica certa é aplicada ao material certo. Podia-se fazer um esquema detalhado de como executar estas operações com base no modelo aplicado no Marão. Acho que os gajos da F1 nunca mais adormeciam quando fosse necessário mudar um pneu.
Resultado: 6-2.

Situação: Aglomeração exagerada de material viscoso na corrente, cassete e outros materiais da transmissão.
Solução: Mergulhar os componentes numa solução aquosa de três partes de água e uma de detergente da louça e, se possível, adicionar um ácido não neutro.
Resultado: Empate entre Villa-Bajo e Villa-Arriba e os componentes parecem saídos de uma máquina de lavar, e ainda por cima cheiram bem…

Situação: Aperto rápido ou desaperto rápido?
Solução: Optar sempre pela sempre pela melhor, consoante a situação. Confusos? Por exemplo, se temos seis parafusos a apertar num disco de travão é claro que nunca precisamos de os apertar a todos, muito menos se esperamos ter que os tirar mais tarde, rapidamente e em andamento.
Resultado: Viva o desaperto rápido!

Situação: O óleo é necessário numa corrente numa maratona e podemos aplicar potência máxima quando esta faz barulhos esquisitos? Tipo trum, Trum, TRUM??!!...
Solução: Testar e esperar que a logística funcione e alguém traga um elo, rápido, carago!
Resultado: O óleo é desnecessário e a logística funciona mesmo!

Haverão muitos mais exemplos que naturalmente ficarão para próximas edições. E lembrem-se, eu sou um túmulo! Se tiverem dúvidas, perguntem ao Jorgex… Ele pedala, tem força e técnica… Tal como nós (já estou a sonhar outra vez, irra...)

Uma provazinha de XCO

http://extreme.com/mountainbike/1014233/replay-uci-world-cup-xco-elite-men-2011-yorkshire-dalby-forest-gbr

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Chefe derrete a bike!

Pois, parece que o amigo Chefe, tanto pedalou no famoso Marão que até derreteu a bike.

Minha nossa, não há material que aguente aquela pedalada...
Esta semana vai ser calma, mas cuidado que o Chefe pode acumular muita energia e depois acontece-lhe como ao Vulcão da Islândia (não me atrevo a escrever o nome - aliás de nenhum dos 2)...
Portanto, se alguém souber de um quadro ainda em bom estado, de preferencia reforçado, já sabe, é só dizer.

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Os filhos das Pias

Lindo !


Ora viva !
Vim dos Açores ontem e vejam o tratamento que me deram, ainda por cima em Lisboa :

Acho que somos muito conhecidos por aquelas bandas. Parece que agora é moda subir aos montes mais inclinados. Ora apreciem:

Até dá ideia que estavam a tentar ver algum peixe-boi. (kuo kuo)
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Adiante :

Próximo Sábado, 0915 GMT nos rabugentos.
Plano : Estagio para o Marão.
Operation CodeName : Filhos das Pias *
Plano : Aquecimento com Quero-andar-de-carrossel-mas-antes-vou-visitar-o-Jorgex.
Obs. : Este é o plano, não quer dizer que seja assim, obviamente.
Assim como ? Bai Buscuala lá atrás...

Como é ?
Há dúvidas ?

* - batizou ** o MC
** - Lindo este acordo.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Portalegre 2011

Os primeiros relatos da nossa participação na maratona de Portalegre 2011






Estávamos a pensar no que se ia escrever no blog










Depois de tanto pensar decidimos:











Binde ca Ber (parteI)











Binde ca Ber (parteII)

domingo, 8 de maio de 2011

terça-feira, 3 de maio de 2011

Nova base de operações ! - Ep. JX007

É verdade, amigos biciclistas nortenhos! Já tenho a nova base de operações Jorgex & Sushi. É um contentor que descobri num gueto em Lisboa, mas é coisa barata, tem sempre confusão à noite e é super perigoso circular nas estradas de Lisboa com o novo guiador de 740mm da Sushi.

Só falta virem cá para ligar o monóxido de hidrogénio, condução de electrões e, por fim, iões livres. Isto é mesmo conversa de sanatório...

P.S. - Foi um episódio curto. :P

segunda-feira, 2 de maio de 2011

O Chefe foi às Maias e Cozinha

Caros*,

Foi um ótimo dia, o último de Abril, que reuniu o grupo enterra na sua dimensão máxima embora pequena, uma meia dúzia de biciclistas cheios de vontade de pedalar. O destino? A nascente do rio Leça onde o Ativista havia de tirar umas fotos numa posição muito sui generis…

Por falar em posição... Reparem nesta:


Para além de prometer unir as duas margens de um só salto, assim tipo Cesária Évora... Prometeu não cumprindo, diria eu que ainda bem, ou teríamos mais um album auto-fotográfico à custa disso*… Claro que revelou outras áreas em que se sente particularmente à vontade mas estas vão para a Torre do Tombo. Também ficámos a saber que o mar pode estar calmo mas ter ao mesmo tempo muitas ondas nas partes baixas, que depois fazem espuma…

Antes o Coutinho mostrou a novidade da praxe: desta feita um aparelho de captura e armazenamento de pixéis e sons e mais tarde levou-nos ao Maracanã onde o repasto foi porreiro ou não, depende… Pefffffffffff... Só novidades!

O Morcão fez das dele, mostrou que um buraco-minhoca curto e paralelo pode fazer a diferença e desejou bom dia aos amigos. Resultado:

O Tu o’Six chegou ao fim molhado, o Chefe tinha o corpo e capacete coberto de maias e estava pronto a sentar-se à mesa com o príncipe Carlos**. O Ativista ficou agarrado a uma silva e vice-versa, enquanto que o Coutinho e o Cute passaram um mau bocado. Lembrem-se: Há mar e mar… Ainda estou à espera da explicação de Esposende!

O fim do sábado foi inesquecível na casa do Chefe a comer um belo repasto bem regado. Mas pièce de résistance do dia, para mim, foi um registo efémero que o Chefe deixou no chão junto à N.ª S.ª da Assunção, onde explicou o caminho para casa, o brasileirão, o Pingo-Doce. Ele sabe mesmo de orientação, debaixo ou acima de água! Ora vejam:


Então? Está lá tudo ou não? Chefe é Chefe!

*A crise/O que não era mau de todo…
**Ninguém o destinguiria da Camila, a não ser o próximo Carlos… acho eu…

PS: O Bóris é uma paz d'alma! Obrigado Coutinho pelas fotos.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Operação Enfió-Nagalho

Não é todos os dias que visitámos as paisagens do Marão que são, na minha perspectiva, das mais bonitas do nosso* cada vez mais pequeno país!


De Sanche à Lameira, passando perto de São Bento foi um instante. Neste trajeto o Morcão teimou em confirmar se não havia ninguém no abrigo dos caçadores, e não havia pois o Chefe chegou só um pouco depois para mais uma sessão autofotográfica. Depois do ajuntamento foi um tirinho até às eólicas, aonde subiram o Coutinho e Tu o’Six e, depois de uns ensaios de natação pelo Cute, lá fomos até às antenas. No caminho cruzámo-nos com o Chefe que, como habitualmente, disse que já lá tinha estado, pelo que se ia embora. Claro que carece de confirmação, a exemplo das informações lá em cima, da história dos dois pauzinhos ou da data de contrução da capela da Senhora da Serra. Segundo ele foi em 1775, segundo a indicação que lá estava 1886. O nosso Chefe tem sempre razão!

Entretanto fomos dos primeiros a atravessar a nova ponte do alto do Espinho, ainda em ferro e betão mas devidamente vigiados pela GNR, não fosse o Cute lembrar-se que em vez das quatro eram horas de almoçar. Descemos pela nacional 15 passando pela pousada em direcção à taberna do Marco, onde comemos e bebemos abrigados da chuva.

Acabamos o dia voltando a comer e beber abrigados num alpendre
cds do Tu o´Six.

*Se o FMI concordar e se não houverem mais surpresas.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Lebres vs Tartarugas








Mestre(morcão) Lebre nr.1









Duas Lebres


Duas Tartarugas




Onde está o Predador?










Tá´qui (gajo lindo)






















Pacífico!!!
Todos com o conta-km a zero .

















Os meus meninos!









O curral (só dá pombinhas)

















Azia!
Tartarugas 37.500 METROS
Lebres 34.500 METROS (não é possivel a prova no MINIMO era de 35.000 METROS)







Onde anda o to´o´six?
Ninguém incomode estou no cds almoçar!












Ninguém Fala!!!












O olhar fulminante da Lebre sobre as tartarugas!




















Liga ao tu´o´six que estão a dar óculos iguais ao do THE BOSS.












Repasto final = A grande discussão!