Bike em Terra

Bike em Terra
Topo do Marão 1420 metros (mais ou menos *)

sábado, 26 de junho de 2010

Um daqueles dias...


Caros Enterras,

O relato do dia aziago segue dentro em pouco. Houve apenas dois momentos de regozijo, uma inovação trazida para o grupo, e que brevemente esperamos no mercado, a nova Fox Talas Lefty 140 mm, castanha ou preta*. A imagem, conforme podem verificar foi assinada por um enterra inovador, o Jorgex. O outro foi um composto de alta-competição, trazido pelos enterras e que se parece com uma vagem de alfarroba mas que eles deram o nome de banana. Traziam-nas dentro de sacos plásticos, eram castanhas, a fugir para o preto, e para as ingerir sugavam o interior sem consistência. Proponho o nome de Valfabana (Vagem de Alfarroba-banana).

Mas voltando ao resumo do dia, este começou cedo com a reunião da malta no local do costume, e como estávamos na véspera da maratona do Vouga fomos, com espírito de preparação para a mesma, fazer quilómetros. Começamos por subir à Seroa (o Cutepino e o Tu o’Six meteram-se por um atalho, mas não era grande coisa) e o Coutinho teve que abrandar para atender uma chamada de telemóvel. Como fariam antes as pessoas sem este dispositivo? Comunicavam, obviamente, mas por outros processos, sinais de fumo, iogurtes com cordel, à lapada**.

Na descida por monte o Tu o’Six viu duas cobras, uma ainda viva****, tentamos escalada e depois, só problemas:

O Morcão partiu o corno direito do guiador da M;
A bike do Coutinho começou a verter óleo do amortecedor;
O ruído vindo da Golden One aumentou bastante;
O Chefe caiu e partiu também o corno direito e não só, mas não se magoou;
Não conseguimos apanhar abelhas;

Enfim, foi um daqueles dias… Esperemos melhores!

* Tinta holográfica ou daltonismo. Com base nesta tecnologia temos o HVD.
** Quando eu recebia alguma percebia logo que tinha que fazer ou deixar de fazer alguma coisa, rapidamente… sinal que a comunicação tinha sido bem recebida. Lembram-se do início do vídeo do True Faith dos New Order? Era um exemplo de uma conversa nestes moldes…
**** A mais perigosa estava a descansar, ou a preparar-se para a metamorfose em carteira.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Para mais tarde recordar

























































































































domingo, 20 de junho de 2010

i9 Portugal

Caros bê-tê-tistas,

Este fim de semana de bom tempo resultou num agradável passeio ao alto do cornadinho (várias vezes). O quinteto maravilha juntou-se na quase falida Bêpê na hora mais ou menos prevista. O resto foi um sobe e desce constante, com um acumulado final de 400 metros (ou menos). Mas isto não foi o melhor do dia, o melhor conto a seguir...

Com que então Portugal está atrasado? Só se forem os comboios... Reparem nas inovações deste Sábado, e só de manhã....

- O Cutepino levou um capacete refrigerado e, quando espremido****, liberta água fresca. Ficamos encantados com a demonstração e esperamos que a ligação à mochila e ao iPad esteja para breve.

- O Morcão levou um novo tipo de pneu liso, especialmente desenhado para o monte, que lhe permite desmontar quando a coisa 'tá a ficar difícil e ficar a olhar para o piso sem que se perceba que o problema não são os pneus... Já agora fica aqui um obrigado ao Coutinho que o empurrou umas quantas vezes.

- O Coutinho estreou um novo dispositivo de desorientação. Fiquei deslumbrado com os resultados pois 'távamos nós perto de Quintarei quando ele consulta o aparelho e comenta em voz alta olhando em redor: Este é o muro no cimo da subida do vosso Cliente (No Season), por isso o pior já passou**.

- O Chefe trouxe um novo telemóvel, obviamente topo de gama, com um exemplar sistema anti-quebra de ecrã! Para além disso, as novas luvas térmicas são um espetáculo! Quando com o polegar e o indicador aperta o disco de travão elas derretem*****, obviamente são térmicas, e estão aprovadas!

- E para finalizar, o homem mais irrequieto do quinteto, o Tu o'Six. Capaz de subir a maior parede, e de descer algumas delas, trouxe a bike suja para testar um novo aditivo isotónico para os desviadores e correntes. Provei-o e gostei, tem sabor a laranja.

Ficamos também a saber da importância de uma vírgula (pausa) numa frase.
Ora reparem:

O Chefe vira-se para o Tu o'Six e diz:

- Hoje vou pescar um peixe boi!
ou
- Hoje vou pescar um peixe, boi!

'Tão a ver a diferença? Não?



* Pelos vistos...
** Para mim são 2 aparelhos p.f.
**** O capacete, não o Cutepino.
***** O disco tem que estar quente.

PS: Foi estreado um novo tipo de capacete anti-insectos.
Resultado: Abelhas 1 - Coutinho 0

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Il Giro 2010

Caros enterras,

Como sabem mais do que gostar de bicicletas, o que realmente importa é o que se faz com elas. E no nosso grupo há exemplos enormes deste pressuposto, como o do Jorgex que com a sua dá refúgio a algumas aranhas afetadas pela crise imobiliária, ou o do Tu o'Six que a lubrifica com bebidas isotónicas.

Neste sentido, pelo que eles fizeram com as deles, registo no nosso blog a última Volta a Itália que, na minha modesta opinião, foi melhor que muitas voltas a França dos últimos anos. Em primeiro lugar porque não houve nada extra ciclismo, a luta pelo pódio foi grande e ganhou quem mais mereceu, o Ivan Basso e o Ciclismo. Também o facto de as etapas percorrerem trajectos fora do comum, seja em terra batida, entre paredes de neve ou mesmo sobre água ajudou a manter na memória algumas delas. Tal como acontece connosco quando o Chefe aparece ou o Tu o'Six 'tá naqueles dias...

Deixo-vos assim algumas imagens, lindas citando o Tu o'Six, retiradas da Steephill, com referência às etapas, bem como o troféu oferecido ao Cutepino pela organização da maratona Rotas do Marão 2010.

Etapa 4:


Etapa 7:


Nibali e Basso na 7ª Etapa:


Etapa 9:


Etapa 15 - Uma parede de 10 km com 12% de média de inclinação e perto do topo a atingir 22%:


Etapa 20 - Espetáculo:




Os vencedores - Matt Loyd, Cadel Evans, Ivan Basso e Richie Port:


O troféu do Cutepino:

Um Passeio para Vida

Boas caríssimos EmTerras, como têm passado???






Amigos a minha peregrinação de bike a Santiago Compostela foi brutalllllllll, experiência que gostaria de ter feito com vocês, mas aqui fica já o repto de que para o próximo ano os BikeEmTerra façam comigo os Caminhos de Santiago.

Foi um passeio que teve de tudo um pouco, divertimento, sofrimento, grandes almoços mas acima de tudo um grande espírito de equipa, o que por si só, aconselho a muitos bttistas a fazerem o passeio.
- umas subias técnicas a medida do Morcão
- uns singletrack’s para o Tu Ô Six
- umas subidas bem no último dias já em Santiago para o Chefe
- e as decidas para o Cutepino (como eu te compreendo amigo)

Foram 3 dias espectaculares a pedalar, com umas lições para a vida


p.s: depois dum rio vem sempre uma subida
p.s. 1: amigos hoje vou lavar a bike para a poder sujar no próximo fim de semana, fico aguardar a respectiva convocatória

terça-feira, 8 de junho de 2010

1.º Passeio de Desorientação BTT

No seguimento das qualidades excepcionais e inatas demonstradas ultimamente pela malta vamos organizar no próximo dia 31 de Fevereiro um passeio em autonomia para bê-tê-tê sem destino previsto.
O objectivo será partir em direcção a lado nenhum e não voltar, com um determinado tempo limite e sem qualquer marcação! Dificuldade 0 a 5 - Variável.

Os participantes podem recorrer a qualquer meio tecnológico para chegarem ao destino (não previsto) desde que não funcione com baterias, nem envolva agressões a árbitros ou outros elementos do staff.

O Chefe e o Jorgex* irão, antes da partida, demonstrar como com recursos mínimos, e.g. musgo ou teias de aranha, podem desorientar-se sem problemas. Também vale tombar árvores, desde que de folha perene**.

O custo de inscrição é de 20 bússolas (não vão precisar delas) e para o fazer podem aceder ao sítio dos Enterras****, com direito à camisola especialmente desenvolvida para gajos que sabem orientar-se.



Qualquer informação adicional é absolutamente desnecessária, por isso não perguntem.

* Estou p'ra ver...
** 2 anos, no mínimo e o dono não esteja por perto.
**** Se não o encontrarem escusam de vir pois já estão desorientados o suficiente!

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Tomba árvores e Downhill

Olá malta,

Sobre este fim-de-semana nada de substancial a relatar:

Fomos à nascente do rio Leça, via Serôa e Assunção.

A reter:

O Chefe admitiu que quando não sabe para onde fica o Norte e não há musgo deita abaixo uma árvore... Para onde cair é o Norte, obviamente só funciona onde houverem árvores!



O Coutinho 'tá em plena preparação para a peregrinação a Santiago (começa dia 10). Força Coutinho!
O Cutepino continua em forma e com os músculos sujos.
O Murcão andou aos tombos na pista de downhill, mas o resto da malta não percebeu!
O Gil continua chateado com os gajos da foz, e não apareceu...
O Tu o'Six tá castanho (como um mouro) e de férias!